Olá, Seja bem vindo!

Faça sua simulação 😉.

Redes Sociais

Telemedicina funciona para doenças cardiovasculares?

Autor: SLAM SAÚDE • 3 meses atrás



Entenda se o atendimento médico online em casos de doenças cardiovasculares é tão eficiente quanto a consulta física.

Muito se fala sobre a telemedicina atualmente. Desde o início da pandemia consequente do Covid-19, o atendimento online vem se destacando e ganhando cada vez mais espaço no país.

No entanto, muitos ainda têm dúvidas sobre a eficiência do atendimento médico à distância. Será que funciona mesmo? E em casos de problemas mais sérios, como doenças cardiovasculares, a telemedicina é eficiente?

Essas são algumas dúvidas comuns sobre o tema, afinal, tudo que é novo - e envolve tecnologia - gera alguns receios na população. O fato é que sim, a telemedicina é extremamente eficaz e pode ajudar pacientes nas mais diversas condições, incluindo casos de doenças cardiovasculares. 

Na realidade, o tele atendimento à distância pode ser um grande aliado de pacientes com essas condições, ajudando no tratamento e melhorando a qualidade de vida deles.

Isso porque a telemedicina aproxima o paciente de seus médicos, o que torna o acompanhamento de alguma doença mais próximo, assertivo e eficiente. Além disso, esse tipo de atendimento é mais confortável e seguro.

A pessoa pode se cuidar no conforto do seu lar, sem maiores preocupações e transtornos. Também evita exposição ao risco de outras doenças dentro dos hospitais, como até mesmo o covid-19.

Mesmo com essas vantagens, muitos ainda não se convenceram da eficiência da telemedicina. Portanto, a seguir, explicaremos como o atendimento online é eficiente em casos de doenças cardiovasculares.

Abordaremos como todo o procedimento é feito, qual deve ser a conduta de atendimento dos médicos nessas situações e muito mais. 

Acompanhe para saber mais sobre a telemedicina em pacientes com doenças cardiovasculares!

Doenças cardiovasculares: a telemedicina pode ajudar?

As doenças cardiovasculares são muito comuns e extremamente perigosas. Elas nada mais são do que um grupo de doenças do coração e - o que muitos não sabem - dos vasos sanguíneos. 

O fato é que essas doenças são causas de morte no mundo. Mais pessoas morrem em decorrência delas do que de qualquer outra condição no mundo! 

Entre as doenças cardiovasculares, há a doença coronariana, cerebrovascular, doença arterial periférica, doença cardíaca reumática, cardiopatia congênita, trombose venosa profunda e embolia pulmonar.

Ou seja, hipertensão, pressão alta, insuficiência cardíaca, arritmia cardíaca, paradas cardíacas e muitas outras condições relacionadas a essa parte do corpo. 

A questão que resta é: como a teleconsulta, isto é, o atendimento à distância, pode ser eficiente em casos tão sérios e complexos como esses? Entenda!

Telemedicina é uma grande aliada em casos cardiovasculares

Muitos especialistas indicam que a telemedicina é o futuro da área médica, afinal, esse recurso tem se mostrado uma ferramenta eficaz no cuidado integral e longitudinal da saúde dos indivíduos.

Isso porque o atendimento à distância encurta distâncias entre o médico e o paciente, como mencionamos - o que favorece o acompanhamento mais próximo de cada caso.


Na área cardiovascular, a telemedicina atua na promoção da saúde e prevenção tanto primária quanto secundária de doenças relacionadas ao coração e aos vasos sanguíneos. Com isso, há a redução da morbimortalidade da população.

Como a telessaúde atua nesses casos? O primeiro ponto é que o médico encarregado consegue manter um acompanhamento mais próximo e constante do paciente, o que proporciona ainda mais segurança à pessoa. 

Além disso, por meio da análise de exames, o médico consegue diagnosticar o paciente, receitar medicamentos e tratamentos. 

O profissional ainda consegue realizar consultas de rotina para verificar como o paciente está, se apresentou melhora, entre outros aspectos importantes.

Essas são as vantagens da telemedicina somente para os casos de doenças cardiovasculares, mas ainda há outros diversos pontos a serem destacados. Confira!

Mais vantagens da telemedicina

Fora tudo que já foi mencionado, a telemedicina apresenta outros benefícios - como a comodidade do paciente, maior facilidade no agendamento de consultas, praticidade e muito mais.

Por exemplo, com ela, o paciente não precisa esperar dias até que surja um horário adequado para sua consulta. Na telemedicina há mais opções de dias, horários e o paciente pode realizá-la no trabalho, em casa ou em qualquer outro lugar.

É muito mais simples! É uma forma de evitar transtornos às pessoas com trânsito, locomoção e filas de espera. O paciente se consulta no conforto do seu lar, com um médico especializado (geralmente aquele que já vem acompanhando seu caso), de forma prática.

Os exames, receitas e prontuários são enviados pela internet, seja pelo navegador, e-mail ou pela plataforma do convênio médico. 

Tudo é feito com muita segurança, assertividade e eficiência.

A SLAM é uma operadora de saúde que tem sua própria plataforma de telemedicina, com uma equipe especializada no atendimento médico à distância pronta para atendê-lo (a) da melhor maneira possível - seja por questões cardiovasculares ou qualquer outra.

Há inúmeras especialidades médicas que se beneficiam com a telemedicina. Vale a pena experimentar esse tipo de atendimento médico online que só traz benefícios!


Mais artigos